Treinamento Corporativo

Afinal, como funciona um webinar na prática?

Gummy
Gummy

Se você é uma dessas pessoas que se interessa pelo marketing digital, com certeza já ouviu falar dos webinars. O que acha, então, de saber mais sobre o que é exatamente essa ferramenta tão presente nas boas estratégias de marketing de conteúdo?Um ponto de partida para falar sobre como funciona o webinar é entender o próprio termo, web based seminar, que pode ser traduzido livremente como conferência baseada em ambiente web. Ou seja, estamos falando de seminários transmitidos através da internet a partir de plataformas virtuais e que podem agregar pessoas que estejam, presencialmente falando, em qualquer lugar do mundo.O que torna essa modalidade muito interessante é a perspectiva de interação entre quem transmite e a audiência. Apesar de terem um canal de emissão único, os webinars possibilitam perguntas e interações dos participantes. Trata-se de uma valiosa experiência de troca mútua que agrega às empresas a potencialidade de segmentar públicos e gerar leads qualificados.

O caminho do sucesso

Se você está interessado em usar essa ferramenta na sua estratégia de marketing, ou quer potencializar os seminários virtuais que tem feito, alguns pontos chave devem ser levados em consideração. Alguns quesitos fundamentais são:

  1. A definição do público-alvo;
  2. A criação de boas landing pages para inscrição – que também se transformam em canais de captura de contatos para ações de relacionamento;
  3. O cuidado com quesitos técnicos;
  4. O investimento em conteúdo de qualidade;
  5. O capricho na interação.

A resposta mais fundamental sobre como funciona um webinar que traga resultados é fazer com que ele ofereça informação rica, valiosa e de forma envolvente. Para isso, uma grande dica é aproveitar a potencialidade visual das conferências online. Usar imagens interessantes e aproveitar a chance de agregar vídeos são dicas valiosas.

Siga o checklist

Para fazer webinar com chance de colher os bons resultados, você deve investir em planejamento e numa execução cuidadosa de cada etapa. Veja algumas dicas a seguir para acertar o alvo do seu seminário virtual:

  • Cerca 2 meses antes, o planejamento já deve começar com a definição de objetivos, público, título e conteúdo a ser divulgado. Nesse período, provedor, palestrante(s) e datas do webinar e dos testes já precisam estar definidos;
  • Com um mês de antecedência começa o esforço de divulgação, com lançamento de convites e landing page de inscrição. Simultaneamente, a apresentação deve estar sendo preparada. É preciso iniciar os esforços para a divulgação do webinar através de redes sociais, blog e mídias pagas;
  • Nas três semanas que antecedem o webinar se preocupe com os detalhes técnicos, garantindo boas condições de áudio e vídeo, bem como uma estrutura de apoio para intervir em possíveis imprevistos;
  • Os quinze dias anteriores ao webinar são para trabalhar no bom conteúdo e reforçar os convites para inscrições. Também é importante afinar detalhes e registrar acertos com outros possíveis moderadores ou coprodutores;
  • O dia anterior é o preferido pelos participantes para receberem lembrete do evento;
  • No dia do seminário virtual, certifique-se de que todos os envolvidos estejam prontos uma hora antes de tudo começar. É a chance de fazer os últimos testes, revisar detalhes e garantir que nada vai atrapalhar o andamento do seu webinar;
  • Com tudo checado, entre no ar, apresente o bom conteúdo que preparou e aposte na interatividade, abrindo espaços para perguntas e comentários dos ouvintes;
  • Ao final do webinar, faça um follow up e mantenha ações de relacionamento com a audiência. É importante disponibilizar o seminário online para streaming, possibilitando que outras pessoas possam assistir quando quiserem.

Algumas coisas mais que você precisa saber sobre como funciona o webinar

Outra valiosa ajuda na tarefa de planejar uma boa webconferência vem de algumas estatísticas baseadas em boas práticas. Confira:

  1. O período da tarde é apontado em pesquisas como o mais adequado para os webinars;
  2. Terças e quintas costumam ser os dias preferidos;
  3. 45 minutos é um bom tempo de duração, o que indica profundidade de conteúdo e eficiência;
  4. Os webinars de treinamento ou educativos são os que mais geram interesse;
  5. O tópico de conteúdo é o principal atrativo para quem se inscreve, seguido dos interesses pessoais;
  6. Os webinars transmitidos ao vivo também se mostram mais envolventes.

Com esse roteiro sobre o que é e como funciona o webinar, você pode ter muito mais segurança ao planejar e executar o seu. Agora é preciso colocar a mão na massa e trabalhar em webconferências de sucesso. Se você ainda não começou, a hora é agora!

Compartilhar

Conte sua história. Alcance mais pessoas. Amplie seus negócios.

Faça um teste grátis